quarta-feira, 27 de maio de 2015

Praticando a caridade

Amar a Deus é amar o próximo

“Como seria belo se cada um de vós pudesse, ao fim do dia, dizer: hoje realizei um gesto de amor pelos outros! A verdadeira riqueza não está nas coisas, mas no coração”.
(Papa Francisco)

Voluntárias dando e recendo afeto.

     Que a palavra caridade pode ser entendida como um sentimento ou uma ação altruísta de ajuda a alguém sem  busca de qualquer recompensa, podendo ainda ser entendida como benevolência, bom coração, compaixão, afeto e amorO que a grande maioria de nós não sabemos é como transformar este conceito em uma  ação efetiva.
      Na tarde chuvosa do dia 26 de maio, a E.B.M Padre José de Anchieta foi surpreendida por uma visita notável que veio dar um exemplo da prática da caridade, caracterizando a essência boa do ser humano. Trata-se da visita do grupo de voluntárias "Servir com alegria".
     

Cachecol, luvas, coletes, blusas e toucas confeccionadas
pelo grupo de voluntárias "Servir com alegria".

     O grupo de senhoras aposentadas, criado a mais de sete (07) anos e que fazem questão de se manter no anonimato, tem no trabalho voluntariado um propósito de vida. Se encontram semanalmente nas suas residências para confeccionarem roupas de lã para serem doadas as crianças. "Não estamos distribuindo apenas uma peça de roupa. Enquanto estamos fazendo uma blusa, uma touca, um cachecol, um colete; ficamos imaginado a criança que vai usar. Acredito que estamos transmitindo um sentimento de amor ao próximo", diz uma membra do grupo.


 
  O grupo conta hoje com 10 voluntárias e recebem ajudas diversas para conseguirem as lãs para produzirem as peças de roupas. "No início o grupo se organizou para comprar as lãs, porém hoje recebemos doações da comunidade. Meu neto, por exemplo, na festa de aniversário solicitou aos convidados que ao invés de presentes trouxessem novelos de lãs. Ficamos surpresas com esta atitude", comenta uma das voluntárias.



Modelitos exclusivos.


     As crianças que foram agraciadas com os vestimentos ficaram agradecidas e com certeza bem mais aquecidas  neste inverno.  Mas o principal de tudo foi o ensinamento deixado por este simpático grupo de senhoras, que dedicam uma parte de suas vidas para seguir o exemplo que Jesus Cristo nos ensinou "Amarás o teu próximo como a ti mesmo".



"Fica sempre um pouco de perfume,
nas mãos que oferecem rosas,
nas mãos que sabem ser generosa...".


Integrantes do grupo "Servir com Alegria".

Nenhum comentário:

Postar um comentário